Dor abdominal é grave?

Não, mas pode gerar grande desconforto para a criança e afetar significativamente o seu dia a dia, levando muita angústia aos pais e até aos pediatras.

leia mais

Como sei se meu filho(a) possui a Dor Abdominal Recorrente Funcional?

Somente o seu médico poderá dizer com segurança se a dor é funcional ou não. É imprescindível um bom tempo de consulta ou consultas e, dependendo do caso, são necessários alguns exames complementares, que podem ser poucos ou muitos. A necessidade destes exames é variável. Somente após esta avaliação o seu médico poderá fazer o […]

leia mais

Quais os sinais de alerta para uma doença orgânica?

Há sinais e sintomas de alerta que sugerem origem orgânica para os episódios isolados de dor abdominal, tais como perda de peso, desaceleração do crescimento, dor distante da região umbilical, manifestações extra-intestinais (febre, erupções na pele, dor articular, aftas recorrentes e dificuldade para urinar), presença de sangue nas fezes, diarréia crônica, anemia, “exames de sangue” […]

leia mais

A Dor Abdominal Recorrente Funcional tem tratamento?

Sim. Em primeiro lugar, o diagnóstico deve dado apenas pelo médico após os exames que ele julgar necessários. Uma vez concluída a investigação o médico iniciará o tratamento que inclui: medidas comportamentais, explicação exata da doença, orientação acerca dos sinais de alerta, técnicas para diminuir a intensidade da dor e algumas vezes até medicamentos placebos. […]

leia mais

Um convite muito especial

A Clínica Mon Petit convida os Pediatras e demais profissionais interessados a participarem do I Simpósio Internacional de Nutrologia Pediátrica do Hospital Mater Dei. O evento acontecerá nos dias 8 e 9 de Novembro de 2013 e terá a participação de renomados profissionais da Nutrologia Pediátrica. Até lá!

leia mais

AH SE OS PAIS SOUBESSEM…

Se soubessem que ter um pediatra significa ter alguém responsável pela saúde de seu filho. Alguém que não apenas trata doenças quando aparecem, mas tranqüiliza, transmite segurança e, sobretudo previne. Previne as idas ao pronto socorro, e por conseqüência as esperas na fila, na realidade tornam as idas ao pronto socorro um evento raro. Previne […]

leia mais