Como saber se uma criança está crescendo bem?

As crianças crescem de forma diferente, durante as fases do seu desenvolvimento. No primeiro ano de vida, fase de maior crescimento de um indivíduo, um lactente cresce em média 25 cm! A partir daí, o crescimento desacelera-se progressivamente, voltando a aumentar na puberdade (“estirão puberal”). Os gráficos de crescimento são ferramentas muito úteis nessa avaliação, […]

leia mais

O que é baixa estatura?

Considera-se como baixa a criança cuja estatura encontra-se abaixo da esperada para as crianças da mesma idade e sexo. O fato nem sempre representa um problema de saúde, especialmente se os pais da criança também apresentam altura abaixo da média da população. Para a avaliação inicial, utiliza-se um gráfico de crescimento de uma população de […]

leia mais

O que é idade óssea?

A “idade óssea” é um exame radiográfico da mão e do punho não dominantes, que pode ser empregado em ambos os sexos, para se avaliar o grau de amadurecimento dos ossos. Os métodos mais classicamente empregados são os de Greulich & Pyle e de Tanner & Withehouse. A partir da idade óssea, pode-se ter uma […]

leia mais

A idade óssea do meu filho está atrasada. Isso é bom ou ruim?

A idade óssea é considerada atrasada quando há uma diferença de 1,5 a 2 anos em relação à idade cronológica. Em uma criança saudável, isso indica que ela apresentará o início da puberdade mais tarde, portanto, também o estirão puberal (a fase de maior crescimento) e terminará o seu crescimento numa idade mais avançada. Geralmente […]

leia mais

Curvas de crescimento – Organização Mundial de Saúde

O material aqui disponível é fruto de um trabalho iniciado em 1997 pela Organização Mundial da saúde, para o desenvolvimento de gráficos e curvas para a avaliação do crescimento, do estado nutricional e o desenvolvimento motor de crianças e adolescentes. O estudo contou com a participação de vários centros em todo o mundo, incluindo o […]

leia mais

A criança pequena para a idade gestacional

Quando as crianças nascem, são classificadas na maternidade com base no seu peso e estatura de acordo com a idade gestacional. Tal classificação permite identificar recém-nascidos com maior risco de complicações neonatais imediatas, como hipoglicemia, icterícia, infecções, etc. Nos últimos anos, o avanço dos cuidados neonatais tem permitido uma maior sobrevivência de crianças nascidas prematuras […]

leia mais

Dormir muito faz crescer mais?

Não. Apesar de haver uma maior secreção do hormônio de crescimento durante a noite, o aumento das horas de sono não se relaciona a um maior crescimento. A boa saúde do sono deve ser estimulada em todas as faixas etárias, especialmente na infância, de forma a prover todas as condições para um crescimento saudável.

leia mais

Quem joga basquete cresce mais?

Não. O fato de haver mais jogadores altos praticando esportes como basquete e vôlei é explicado pela seleção de atletas de maior rendimento devido à sua estatura. A prática de atividades físicas deve ser estimulada em todas as idades, pois além dos benefícios relacionados ao risco cardiovascular, promove a socialização dos jovens, com melhora da […]

leia mais

Qualquer criança com baixa estatura pode usar o hormônio de crescimento?

Não. A seleção das crianças candidatas ao uso do hormônio de crescimento (GH, do inglês growth hormone) é um processo complexo, dependente de uma rigorosa avaliação clínica, que envolve dados do nascimento, da infância e da família, do exame físico, dentre outras questões. Os testes específicos para a avaliação hormonal devem ser solicitados pelo Endocrinologista […]

leia mais

Hiperplasia Congênita das Supra-renais

A hiperplasia congênita das supra-renais é uma doença genética, causada por uma deficiência enzimática, levando à deficiência do cortisol e o conseqüente acúmulo dos seus precursores (hormônios androgênicos). A sua forma mais comum é causada pela deficiência da enzima 21-hidroxilase, responsável por até 95% dos casos. Destaca-se ainda a forma perdedora de sal (75% dos […]

leia mais

O que fazer em caso de hipoglicemia?

Considera-se como hipoglicemia o valor de glicemia abaixo de 70 mg/dL. O tratamento intensivo com insulina, ou seja, com múltiplas aplicações diárias, geralmente é acompanhado de alguns episódios de hipoglicemia, que, na maioria das vezes, são assintomáticos ou com sinais e sintomas leves. O reconhecimento e o tratamento precoces da hipoglicemia deve ser realizado especialmente […]

leia mais

Bomba de Insulina

O sistema de infusão contínua de insulina, ou “bomba de insulina”, foi criado para resolver duas das questões mais importantes do tratamento do diabetes: conforto e segurança. Uma de suas principais indicações, além da questão da comodidade, é o tratamento de crianças que apresentam uma maior sensibilidade à insulina (como os lactentes e crianças mais […]

leia mais